Category Archives: Agricultura Familiar

Método inovador em Colmeias!

VER: http://www.hypeness.com.br/2015/02/metodo-inovador-permite-retirar-mel-de-colmeia-sem-incomodar-as-abelhas/

Cientistas descobrem buraco negro 12 bilhões de vezes maior que o Sol

VER: http://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/efe/2015/02/25/cientistas-descobrem-buraco-negro-12-bilhoes-de-vezes-maior-que-o-sol.htm

Represas do Sistema Canatareira – São Paulo

VER : http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/02/1593862-principais-represas-do-cantareira-tem-devastacao-acima-da-media.shtml

Noruega constrói bunker para evitar o apocalipse agrícola

Ela é chamada de “arca de Noé” das plantas, “a abóbada do juízo final” ou o “bunker do apocalipse”, e está localizada a cerca de mil quilômetros do extremo norte do mundo.  Mas, fora as ironias catastróficas, É uma das maiores iniciativas de conservação ambiental e alimentícia em curso.

O bunker abobadado construído em uma montanha das ilhas norueguesas de Svalbard, no oceano glacial ártico está armazenando “cópias” das sementes de todos os alimentos do mundo, com o objetivo de garantir sua preservação no caso de uma tragédia de origem natural ou causada pela atividade humana.

Essa gigantesca despensa subterrânea, localizada no meio do caminho entre a Noruega continental e o Polo Norte, quer proteger permanentemente os alimentos do mundo. A intenção é evitar uma possível perda da diversidade de colheitas, de acordo com os promotores da iniciativa.

O projeto ‘Svalbard Global Seed Vault’ (Abóbada Mundial de Sementes de Svalbard) (www.regjeringen.no) É financiado pelo governo da Noruega e administrado pelo Fundo Mundial para a Diversidade de Cultivos (GCDT) (www.croptrust.org), uma organização internacional com sede em Bonn, na Alemanha. Colabora também com a iniciativa o Centro Nórdico de Recursos Genéticos, que fornece amostras de sementes usadas para a pesquisa agrícola (www.nordgen.org), que incluem grandes  variedades de cereais e legumes.

VER: http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/2015/02/noruega-constroi-bunker-para-evitar-o-apocalipse-agricola.shtml

Reservatórios de Água em SP 16 02 2015

VER: http://www.apolo11.com/reservatorios.php

mas
Rio Grande 3.8 mm
Rio Claro 9.0 mm
Alto Tietê 24.0 mm
Cotia 16.6 mm
Guarapiranga 6.2 mm
Cantareira 42.6 mm

Quantidade de chuva
precipitada sobre os manan-
ciais nas últimas 24 horas

Fonte: SABESP

CANTAREIRA
VM1 = Volume Morto 1 = 185 bilhões de litros.
VM2 = Volume Morto 2 = 105 bilhões de litros.

ALTO TIETÊ
VM1 = Volume Morto = 39.46 bilhões de litros.

Capacidade Total em Litros

Rio Grande
112 bi
Rio Claro
13bi
Alto Tietê
520 bi
Alto Cotia
16 bi
Guarapiranga
171 bi
Cantareira
1 tri


Frio y Escarcha en Panimá, Totonicapán – Guatemala

Impresionante foto tomada ayer 30 01 2015 en Panimá,Totonicapán. A pesar de la escarcha y temperatura de -3 grados, las personas siguen con sus labores normales. Foto: Leopoldo Salvador Batz

Analema: el Sol fotografiado desde el mismo lugar, a la misma hora, durante un año

Analema: el Sol fotografiado desde el mismo lugar, a la misma hora, durante un año – Foto del día – Detalles: http://goo.gl/9LhmRy

  • Oscar Zoletto Este tiene la particularidad de haber incluido un eclipse total por lo que su nombre es tutulema. Además de que la foto principal es del mismo día del fenómeno referido por eso podemos ver a venus a la derecha. Saludos.
  • Juan Carlos Guzman Ruiz En primer la clave de sol tiene esa forma porque deriva de la letra “G” (La nota “Sol” se anota como “G” en el sistema ingles)

Árboles Centenarios ó Milenares!

VER: http://www.boredpanda.com/ancient-tree-photography-beth-moon/

Sistema Cantareira SP

http://i.huffpost.com/gen/1720884/thumbs/o-CANTAREIRA-facebook.jpg

2014 foi o mais seco dos últimos 32 anos no sistema Cantareira, em SP

Wellington Ramalhoso
Do UOL, em São Paulo

07/01/201506h00

2233
Ouvir texto
0:00

Imprimir Comunicar erro

Levantamento feito pelo UOL com base em dados fornecidos pela Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) mostra que 2014 foi o menos chuvoso dos últimos 32 anos no sistema Cantareira. No sistema Alto Tietê, o ano passado foi o mais seco desde 1993.

Formado em 1974, o Cantareira conta com cinco represas e abastece 6,2 milhões de pessoas nas regiões de São Paulo e Campinas. A Sabesp começou a coletar e sistematizar dados sobre chuva na forma atual em 1983. Desde então, nunca houve um ano tão pouco chuvoso como o último no sistema. De janeiro a dezembro, acumularam-se 965 mm de chuva, uma redução de 11,5% em relação aos 1.090 mm de 2013. O problema não é novo, afinal o ano retrasado já havia sido o mais seco da série.

A quantidade de chuva sobre o Cantareira em 2014 ficou 37,8% abaixo da média verificada desde 1983, que é de 1.551 mm. Foi o quarto ano seguido em que a chuva acumulada ficou abaixo da média.

Outro dado que mostra o agravamento e a longevidade do problema é a redução da média de chuva por década. Ela vem diminuindo desde, pelo menos, os anos 80. Baixou de 1.778 mm no período de 1983 a 1990 para 1.532 mm na década seguinte. Desceu para 1.514 mm na primeira década do século e, no decênio atual, está em 1.237 mm.

Remanejamentos feitos pela Sabesp durante o ano passado levaram a uma grande diminuição da área atendida pelo Cantareira. Há um ano, o sistema abastecia 8,8 milhões de pessoas.

Alto Tietê

Formado em 1992, o Alto Tietê é composto por quatro barragens e atende 4,5 milhões de pessoas na região metropolitana de São Paulo.

Somente no primeiro ano e no seguinte a quantidade de chuva sobre o sistema foi menor que em 2014. De janeiro a dezembro, acumularam-se 1.047 mm, marca 19,6% mais baixa que a do ano anterior e 24,8% inferior à média desde 1992.

A média da década atual também está abaixo da anterior. A redução de 1.444 mm para 1.272 mm representa uma variação de 11,9%.

Situação crítica

Acentuada no ano passado, a crise deixou os dois sistemas em situação delicada: são os únicos da região metropolitana de São Paulo com menos de 25% da capacidade. Apesar do uso de duas cotas do volume morto, o Cantareira estava com somente 6,9% nesta terça-feira (6). O Alto Tietê tinha 11,8%.

A Sabesp argumenta que tem feito investimentos para aumentar as quantidades de água represada e tratada e a capacidade de transporte da água em todos os sistemas. Em relação às perdas, a empresa afirma que elas foram reduzidas em nove pontos percentuais nos últimos dez anos.

Para o médio e o longo prazos, o governo estadual planeja realizar obras para tratar água do esgoto, interligar o sistema Cantareira com a bacia do rio Paraíba do Sul e trazer água de outro sistema, o São Lourenço, para a região metropolitana de São Paulo.

Para 2015, a única solução é a economia de água. “Num prazo de seis meses você não consegue fazer nenhuma obra. O que nós queremos é que o consumidor consuma menos. A curtíssimo prazo é isso que tem que ser feito”, afirmou o novo secretário de Recursos Hídricos do governo estadual, Benedito Braga, em reportagem exibida no último domingo (4) pelo programa “Fantástico”, da “TV Globo”.

Escolhido para comandar a Sabesp no novo mandato do governador Geraldo Alckmin, Jerson Kelman já afirmou que o Estado tem de estar “preparado para o pior”.

O geólogo Pedro Luiz Côrtes, professor da USP, afirma que o Cantareira pode secar por completo ainda em 2015.

VER:  http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2015/01/07/2014-foi-o-mais-seco-dos-ultimos-32-anos-no-sistema-cantareira-em-sp.htm


Heladas en Los Altos de San Marcos – Guatemala C.A.

El frio y las heladas están aumentando a cada año!