Category Archives: Agricultura Familiar

El Fiambre es de los Guatemaltecos!!

Calor e falta de chuva…!

VER: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2014/08/1508423-calor-e-estiagem-fazem-casos-de-queimadas-no-pais-dobrarem.shtml

Desafio do Balde..!

Ipês amarelos. Centro Oeste do Sudeste – SP Brasil

Balonas. Ninfeias. Horta Municipal de Taguai SP, Brasil

Irmãos albinos por Alexandre Severo

SAIBA COMO AJUDAR OS IRMÃOS ALBINOS


Foto dos irmãos albinos destacou talento do fotógrafo para o mundo (Foto: Alexandre Severo/JC Imagem)

O primeiro encontro entre Severo e os meninos foi em uma pauta do dia a dia, a entrega de casas populares na comunidade onde moravam, com a presença de autoridades políticas. O fotógrafo fez o primeiro registro das crianças e, percebendo a reportagem que poderia ser originada dela, mostrou ao amigo e ao diretor de redação, Laurindo Ferreira. “Voltamos, descobrindo uma história linda. Isso prova o olhar sensível de Severo e como ele era um profissional muito diferente”, relembra Valadares.

Severo venceu diversos concursos de fotojornalismo com o ensaio dos albinosSevero venceu diversos concursos de fotojornalismo com o ensaio dos albinosFoto: Arquivo/JC Imagem

“Ele era muito legal. Nunca perdeu a paciência”, lembra o menino que arranca queixas de Ruth por falar demais e não parar quieto, segundo ela. “Eu sou danado por vinte crianças”, assume. Assim era com Severo. Assim foi nesta quinta. Há cinco anos não largava a câmera dele e abraçava o fotógrafo constantemente. Hoje, já esperava que a equipe fosse visitá-lo e pediu logo para ele mesmo tirar as fotos. “Quero ser fotógrafo”, disse. Na semana que ‘Alexandre’, como ele chama, esteve na casa, o abraçava constantemente. “Kauan era maluco por ele”, conta João Valadares.

VER MAIS:   http://noticias.ne10.uol.com.br/politica/eduardo-campos/noticia/2014/08/14/irmaos-albinos-relembram-momentos-ao-lado-de-fotografo-morto-em-acidente-504179.php


Água!! Recursos Naturais, todos!!

O meio ambiente se manifesta!!  e estamos consumindo e acabando com os recursos naturais que nos foram legados e extraindo-os inclusive em nome das futuras gerações, para seu bem- estar!!!

VER MAIS:   http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2014/08/1501687-aos-40-reservatorio-da-cantareira-atende-7-mi-de-pessoas-a-mais.shtml

Fases da Lua

VER: https://pequenoscientistassanjoanenses.files.wordpress.com/2010/02/faseslua14.gif


Fogão caipira de dona Carmen. Sítio Três Coqueiros. Avare – SP Brasil

Em 16 anos, poluição do ar pode matar até 256 mil em SP, aponta estudo da USP

09/08/201408h41

  • Duran Machfee/Futura Press/Estadão Conteúdo

    Camada de poluição é vista em SP em manhã com céu claro e sem nuvensCamada de poluição é vista em SP em manhã com céu claro e sem nuvens

A poluição atmosférica pode matar até 256 mil pessoas nos próximos 16 anos no Estado. Nesse período, a concentração de material particulado no ar ainda provocará a internação de 1 milhão de pessoas, e um gasto público estimado em mais de R$ 1,5 bilhão, de acordo com projeção inédita do Instituto Saúde e Sustentabilidade, realizada por pesquisadores da USP. A estimativa prevê que ao menos 25% das mortes, ou 59 mil, ocorram na capital paulista.

Os resultados indicam que, no atual cenário, a poluição pode matar até seis vezes mais do que a Aids ou três vezes mais do que acidentes de trânsito e câncer de mama. A população de risco, ou seja, as pessoas que já sofrem com doenças circulatórias, respiratórias e do coração, serão as mais afetadas, assim como crianças com menos de 5 anos que têm infecção nas vias aéreas ou pneumonia.

Entre as causas mais prováveis de mortes provocadas pela poluição, o câncer poderá ser o responsável por quase 30 mil casos até 2030 em todos os municípios de São Paulo. Asma, bronquite e outras doenças respiratórias extremamente agravadas pela poluição podem representar outros 93 mil óbitos, já contando a estimativa de crianças atingidas no período.

VER MAIS: noticias.uol.com.br/meio-ambiente/ultimas-noticias/ag-estado/2014/08/09/em-16-anos-poluicao-do-ar-pode-matar-ate-256-mil-em-sp-aponta-estudo-da-usp.htm